A aprendizagem nos primeiros anos escolares é uma etapa que constrói a base de conhecimentos das crianças. Em tempos de aulas híbridas, este momento de alfabetização a distância tem exigido muita dedicação dos professores, de pais e de alunos.

Esse método diferenciado é uma forma inovadora de ensinar as crianças por meios digitais. É importante ressaltar que a alfabetização por meio digital difere de alfabetização digital. As metodologias implementadas na alfabetização por meios digitais seguem todas as normas exigidas pela BNCC (Base Nacional Curricular Comum).

Quer conhecer algumas metodologias que podem tornar as aulas on-line mais interessantes e produtivas aos seus alunos? Confira!

Rotina escolar em casa

Em tempos de pandemia, as aulas on-line se tornaram uma rotina necessária nas famílias, inclusive, para os alunos que estão no período de letramento e alfabetização. Os lares, agora, tornaram-se salas de aula e, os responsáveis também assumiram um papel mais intensivo na aprendizagem das crianças.

Os estudos em casa devem ter o mesmo ritmo de uma aula presencial, pois é necessário que os alunos entendam o compromisso de se dedicar ao aprendizado, mas com as adequações necessárias em razão da rotina das famílias, que também têm que dividir o tempo com o home office. Cabe à escola passar algumas coordenadas para auxiliar e orientar os pais neste momento.

O papel da família na alfabetização

A família é um dos principais agentes na construção da aprendizagem das crianças que estão na etapa de alfabetização. É com o apoio dos familiares que a criança se sente segura e fortalecida para participar das circunstâncias que o mundo oferece, inclusive, nos estudos.

Quanto maior a participação dos responsáveis, mais habilidades e competências de leitura e escrita a criança desenvolve. Além dessas, as habilidades socioemocionais também são despertadas para fortalecer o psicoemocional. Por esse motivo, é interessante que os pais participem, frequentemente, das atividades de casa, de games educativos indicados pela escola etc.

A importância do lúdico em casa

No período de alfabetização, o lúdico deve ser trabalhado com muita regularidade para obter alguns benefícios cognitivos. Entre eles, a ampliação do vocabulário, a intensificação da compreensão oral, o despertar da imaginação e o interesse pela leitura.

Esse aprendizado pode ser incentivado e orientado pela escola para aplicação dos pais, oferecendo às crianças momentos de proximidade e atenção. O gesto pode ser feito ao escolher um bom livro de historinhas para ser lido para os pequenos, por exemplo.

Processo de escolarização

Para que a alfabetização a distância produza bons resultados, é indispensável que pais e escola realizem os seus papéis em conjunto, com muita dedicação. A instituição tem a incumbência de exercer ações significativas na sociedade, dentre elas, oferecer a socialização e democratização do acesso ao conhecimento e proporcionar o desenvolvimento ético e moral dos estudantes.

Essas habilidades podem ser despertadas nos alunos por meio de metodologias modernas e inovadoras. Veja alguns exemplos.

Gamificação

Desde muito cedo, as crianças aprendem a ter contato com a Internet das Coisas (IoT). Portanto, é um método valioso para trabalhar em sala de aula ou estender até as atividades para casa. É válido afirmar que a gamificação é diferente de jogos eletrônicos.

Os games educacionais foram criados por profissionais que têm competências científicas, mais especificamente, a pedagogia, a linguística e a neurociência, para que atinjam todos os propósitos, que são a alfabetização e o letramento dos alunos. São jogos educativos que geram trilhas personalizadas e dados para melhor intervenção pedagógica, sempre fundamentados segundo as normas da BNCC.

Educacross da Conexia Educação

O Educacross é um exemplo de plataforma gamificada que tem jogos digitais para o Ensino Fundamental – Anos Iniciais, com ambientes colaborativos, que proporcionam o desenvolvimento de interação, escuta, autonomia, observação, empatia e ética.

Alfabetizar por meios digitais promove o desenvolvimento infantil por alicerçar a aprendizagem por meio da brincadeira. Com o uso da ludicidade e de linguagem adequada às crianças, o Educacross contextualiza os jogos, atividades e situações-problemas.

Ela traz mais de uma centena de jogos que se adaptam, de forma individualizada, às necessidades dos estudantes. Conforme a criança passa de fase, os professores recebem relatórios que poderão orientar atividades e jogos seguintes. Além disso, os pais também podem acompanhar o progresso do letramento de seus filhos.

O Educacross proporciona inúmeros benefícios educativos aos alunos, como desenvolvimento de:

  • habilidades;
  • linguagem oral e escrita;
  • psicomotricidade;
  • relações socioafetivas.

Envolvimento entre as crianças

O processo de aprendizagem no período de alfabetização é um grande desafio para os professores e para os pais, sobretudo, nesse período de pandemia, em que as aulas têm ganhado um novo formato — o de aulas on-line ou híbridas.

A alfabetização de alunos não se resume a aprender a ler, escrever e conhecer os números, mas também, às minúcias que levem a criança a interpretar, compreender, criticar, ressignificar e produzir conhecimentos. Para que essas características sejam desenvolvidas, é necessário a inter-relação entre os alunos e o professor ou os pais, para mediar os comportamentos.

Algumas metodologias são indispensáveis para trabalhar essas habilidades, como a integração entre os educandos ou desses com a família, o trabalho colaborativo, as diversas brincadeiras, a musicalidade, as artes e outros inúmeros métodos que enriquecem a etapa de alfabetização. A personalidade e o caráter para aprender a se relacionar de forma coerente com outras pessoas, normalmente, são construídos nesses momentos de socialização.

Devido a todas essas responsabilidades que devem ser assumidas e à dimensão do que é a alfabetização, realizar esse ensino em tempos de pandemia intensificou a sua complexidade, e assim, passou a exigir muito mais dos professores e dos pais. Para que os objetivos dessas competências sejam alcançados, é necessário acompanhar de perto a interação entre as crianças, e entre os professores e elas.

Por fim, é necessário que o professor utilize recursos digitais confiáveis para aplicar nas suas aulas e desenvolver a alfabetização a distância. A Plataforma AZ, da Conexia Educação, oferece conteúdos e ferramentas multiplataformas para engajar os alunos e auxiliar o professor na melhor intervenção pedagógica. Toda dinâmica digital está alinhada 100% à BNCC.

Observou como a educação a distância pode ser potencializada quando realizada por intermédio de meios digitais criados por pessoas que realmente entendem do assunto? Então, faça contato conosco para conhecer outros métodos para a sua instituição de aprendizagem.